Camboriú divulga dados de abordagem a pessoas em situação de rua

Hoje dia 19 é comemorado o Dia Nacional de Luta do Morador de Rua.

Se só se vê bem com o coração, já que o essencial é invisível aos olhos, porque há tantos olhares de recusa e negação ao se deparar com pessoas que vivem em estado de rua na sociedade? Nesta quinta-feira, dia 19 é comemorado o Dia Nacional de Luta do Morador de Rua. De janeiro a 18 de agosto de 2021 a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), contabiliza 320 abordagens a pessoas que se encontram em estado de vulnerabilidade social nas ruas da cidade, sendo que desses muitos são reincidentes, cinco deles são idosos e 105 deles aceitaram ser encaminhados ao abrigo.

“Nosso maior objetivo é acolher essas pessoas, que muitas vezes se tornam invisíveis aos olhos da sociedade, e contribuir para que elas possam receber o apoio e atendimento que elas necessitam naquele momento para seguirem em frente. Nossa equipe está diariamente nas ruas da cidade realizando abordagens e atendendo a demanda de busca ativa, busca espontânea, por solicitação da comunidade ou da rede de atendimento, no entanto, nem sempre os abordados querem ser encaminhados”, ressalta o secretário Desenvolvimento e Assistência Social, Edson Godinho Mafra Junior.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *