Balneário Camboriú começa a vacinar 45+ contra Covid-19

Neste sábado (03), Balneário Camboriú começa a vacinar contra Covid-19 pessoas com 45 anos ou mais. A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira. Para se vacinar é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência.

Gestantes, puérperas (45 dias após o parto) e lactantes que amamentam crianças de até 2 anos de idade devem se vacinar na UBS Central, para receber o imunizante adequado.

Nota de esclarecimento

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú informa que o único lote listado no sistema e divulgado em matéria do jornal Folha de São Paulo nesta sexta-feira (02), lote 4120Z005, com data de vencimento em 14 de abril do corrente, foi aplicado exclusivamente em profissionais de saúde entre fevereiro e março, portanto antes do vencimento. Em cada carteira de vacinação feita pelo Município consta o número do lote e a data de imunização, o que garante a transparência dos dados vacinais.
Portanto, não houve imunização com vacina vencida em Balneário Camboriú.

Leila Crocomo
Secretária Municipal de saúde de Balneário Camboriú


Inicia vacinação em lactantes que amamentam crianças de até 2 anos neste sábado

Neste sábado (03), Balneário Camboriú amplia a vacinação contra Covid-19 em lactantes que amamentam crianças para até 2 anos de idade. As lactantes com 18 anos ou mais precisam apresentar, na hora de se vacinar, declaração ou certidão de nascimento da criança, além de prescrição médica indicando a vacina Covid-19, documento com foto e comprovante de residência. A imunização das lactantes ocorre somente na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, das 8h às 17h.

Para os demais grupos, a imunização contra Covid-19 no sábado ocorre no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira, e na UBS Central, das 8h às 17h. Estão aptos a receber a vacina: população geral com 46 anos ou mais; pessoas com comorbidades; profissionais da educação; profissionais da saúde; efetivos das forças de segurança; gestantes e puérperas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *