Aprovado projeto de lei que proíbe corte de fornecimento de água por 180 dias em Camboriú

Em Sessão Extraordinária, realizada por vídeo conferência nesta quarta feira, dia 15, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei que proíbe o corte de fornecimento de água por falta de pagamento no período de 180 dias em Camboriú.

O projeto é de autoria do Vereador John Lenon Teodoro (Podemos), com a assinatura dos demais vereadores, onde busca atender uma demanda social diante da pandemia de coronavírus que está sendo enfrentada. O documento ainda deixa claro que as contas vencidas durante a vigência da lei poderão ser parceladas em até 24 vezes, sem cobrança de juros e correção monetária.

“Essa lei é essencial para garantir o fornecimento de água para a população menos assistida, além dos trabalhadores informais e os pequenos comerciantes, que podem não conseguir pagar suas contas nesse período, e que serão os mais prejudicados economicamente com a situação da Pandemia”, declara o Vereador John Lenon.

Ressalta-se ainda que o projeto de lei não se trata de isenção da fatura de água aos munícipes, ou qualquer tipo de gratuidade referente ao consumo deste serviço essencial. O projeto agora aguarda a sanção do Prefeito Municipal.

Alerta: É necessário que a população continue pagando para ter problemas futuros coma a interrupção do fornecimento.

Dúvidas acesse o link abaixo 👇

Águas de Camboriú 

Vc pode

[15/4 18:55] +55 47 9621-6941: APROVADO PROJETO DE LEI QUE PROÍBE CORTE DE FORNECIMENTO DE ÁGUA POR 180 DIAS EM CAMBORIÚ

Em Sessão Extraordinária, realizada por vídeo conferência nesta quarta feira, dia 15, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei que proíbe o corte de fornecimento de água por falta de pagamento no período de 180 dias em Camboriú. O projeto é de autoria do Vereador John Lenon Teodoro (Podemos), com a assinatura dos demais vereadores, onde busca atender uma demanda social diante da pandemia de coronavírus que está sendo enfrentada. O documento ainda deixa claro que as contas vencidas durante a vigência da lei poderão ser parceladas em até 24 vezes, sem cobrança de juros e correção monetária.

“Essa lei é essencial para garantir o fornecimento de água para a população menos assistida, além dos trabalhadores informais e os pequenos comerciantes, que podem não conseguir pagar suas contas nesse período, e que serão os mais prejudicados economicamente com a situação da Pandemia”, declara o Vereador John Lenon.

Ressalta-se ainda que o projeto de lei não se trata de isenção da fatura de água aos munícipes, ou qualquer tipo de gratuidade referente ao consumo deste serviço essencial. O projeto agora aguarda a sanção do Prefeito Municipal.

Você conhece o Águas App? Disponível para download gratuito na Google Play e na App Store, com ele você tem acesso a diversos dos nossos serviços com a facilidade de um toque no seu celular.

Baixe agora mesmo e confira! 📲

Cadastrar a sua fatura em débito automático é muito mais prático. Você pode realizar seu cadastro em nosso site ou no Águas App, com praticidade e segurança!

JANELÃO
“Tenha fé, vai dar tudo certo”
WhatsApp ‘996216941’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *