Algumas cidades podem ter frio mais intenso que na onda polar de Junho 

MetSul explica por que a condição atmosfera que pode levar algumas cidades a terem mais frio à noite na próxima semana que na poderosa onda de frio do final de junho.

A forte massa de ar polar que ingressará neste fim de semana poderá trazer mais frio em algumas cidades que na poderosa onda polar do final de junho, a despeito de ser uma incursão de ar polar menos intensa que a de semanas atrás. Diversas cidades podem ter na próxima semana as suas menores temperaturas mínimas do ano.

A massa de ar polar que ingressa no território brasileiro neste fim de semana terá uma trajetória continental, o que significa que avançará pelo interior do continente. Por isso, a previsão é de queda de temperatura no Sul, em partes do Centro-Oeste e do Sudeste do Brasil, e até em pontos da Região Norte com a caracterização de friagem.

As madrugadas mais frias neste novo episódio gelado, na maior parte das cidades, devem ser a de domingo (18) até quarta (21). Em Porto Alegre e na cidade de São Paulo, como exemplos, as madrugadas com frio mais intenso tendem a ser a de segunda(19) e a da próxima quarta (21).

A MetSul projeta marcas negativas ou próximas de 0ºC em grande número de cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina na primeira metade da próxima semana. Campos de Cima da Serra e áreas de baixadas de locais de maior altitude do estado gaúcho como da região de Soledade e da Serra do Sudeste podem ter marcas de -5ºC a -6ºC, e mesmo até mais baixas isoladamente. Na Grande Porto Alegre, os termômetros podem indicar 1ºC a 2ºC em alguns locais. Mínimas de -6ºC a -8ºC podem ocorrer no Planalto Sul de Santa Catarina. Muitos pontos do Paraná vão ter também marcas abaixo de zero ou ao redor de 0ºC. Na cidade de São Paulo, marcas abaixo dos 5ºC são possíveis em diversos bairros.

POR QUE MAIS FRIO À NOITE COM AR POLAR MENOS INTENSO?

O ar polar que chega neste fim de semana não é tão intenso quanto o do final de junho e não será tão abrangente no território brasileiro como três semanas atrás, mesmo atingindo áreas do Sul, Centro-Oeste, Sudeste e até do Norte. Como esta erupção de ar gelado não é tão forte como a de junho, em locais mais ao Norte como do Centro-Oeste as mínimas não devem ser tão baixas desta vez, apesar da previsão de muito frio em diversos locais.

Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online MetSul

magens Mycchel Legnaghi / São Joaquim Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *