Águas de Penha instala os módulos da Estação de Tratamento de Água

 

A Águas de Penha instalou nesta quarta-feira, dia 21, os três módulos metálicos que compõem a Estação de Tratamento de Água (ETA Penha). A meta da concessionária é colocar a estação em funcionamento já para a temporada de verão 2020/2021. De acordo com o engenheiro Pedro Escobar Senra, responsável pela supervisão da obra, com a colocação dos módulos na base começa a fase de montagem da estrutura. “A concessionária possui uma equipe comprometida na melhoria da qualidade de vida da população, por meio de ações que priorizam projetos como desta ETA, promovendo saúde pública e dignidade humana”, pontua o diretor executivo da Águas de Penha, Gabriel Buim.

Com um investimento de R$ 9 milhões, a ETA Penha é uma alternativa para ampliar o fornecimento nos períodos de alto consumo no município. Com a construção da unidade, será possível ampliar a vazão de água em Penha em 70 litros por segundo nos períodos de maior consumo, sem dispensar a água recebida do rio Piçarras. A estação está sendo construída em uma área de 2.370 metros quadrados nas proximidades da rua Honório Bortolatto, no bairro Santa Lídia.

De construção metálica, a ETA contará com floculadores mecânicos, decantadores de alta taxa e filtros de areia e antracito (carvão mineral). Complementam o complexo de tratamento de água, bombas de retrolavagem dos filtros, sistema de recuperação de água de lavagem dos filtros e sistema de adensamento e desaguamento do lodo dos decantadores através de “bags”. Também fazem parte da estrutura a casa de química, sistema de estocagem e dosagem de produtos químicos (policloreto de alumínio, hipoclorito, cal, polímeros e flúor), reservatório elevado de água potável, sala de operação e laboratório, subestação elétrica e gerador diesel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *