Agente penitenciário do Complexo Canhanduba morre de covid-19

Servidor que atuava em unidade de Itajaí tinha 66 anos e morreu nesta quinta-feira. Estado tem 915 casos confirmados nas unidades prisionais, entre detentos e servidores.

Mais de 500 detentos do presídio de Itajaí testam positivo para coronavírus
Destes, 373 internos ainda estão em período de transmissão, de acordo com a secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa.

A secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa de Santa Catarina, responsável pelo sistema penitenciário catarinense, divulgou nesta quinta-feira (23) que 505 detentos do Presídio Masculino de Itajaí já testaram positivo para o novo coronavírus, onde há 1.205 internos. Destes, 373 ainda estão em período de transmissão, ou seja, com o vírus ativo.

Outros 132 detentos são considerados recuperados, o que significa, que já passaram da fase de transmissão da Covid-19. Segundo o governo do Estado, todos os 1.205 detentos já foram testados. Além disso, informou que os internos com vírus ativo estão isolados e em boas condições de saúde.

Em todo o sistema prisional e socioeducativo de Santa Catarina há 915 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo que duas pessoas morreram.

Dos casos, a maior parte é formada por detentos (são 716 pessoas). Há também 175 servidores, 21 funcionários terceirizados e três adolescentes que cumprem medida socioeducativa. Já os óbitos foram de um detento e um servidor do Estado. Os dados foram divulgados pela secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa.

Crédito: NDMAIS

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *