A pressão derrubou a supercampeã Simone Biles: o que podemos aprender com sua atitude

Simone Biles é a ginasta norte-americana de maior sucesso de todos os tempos. Ganhadora de 30 medalhas em Olimpíadas e Mundiais, Biles está a quatro pódios de se tornar a ginasta mais premiada — entre homens e mulheres — da história.

Ontem ela caiu num salto e abandonou a final por equipes da ginástica. Ela acabou sendo substituída e os Estados Unidos, que eram favoritos, acabaram ficando com a medalha de prata. Depois da prova, Biles falou com a imprensa e admitiu que não foi apenas o tornozelo (que ela precisou enfaixar após a queda) que a tirou da prova. Foi também uma questão de saúde mental.

“É uma droga quando você sente o peso do mundo e você sente como se não conseguisse retorno para o tanto que treinamos. Estamos totalmente preparados, mas é uma droga quando você está lutando contra sua própria mente. Tipo, você quer fazer aquilo por você, mas está tão preocupada com o que todos vão dizer, na internet e outras coisas as vezes. Então precisava parar um pouco.”

É preciso levar questões relativas à saúde mental muito a sério. Problemas psicológicos podem ser tão sérios quanto problemas físicos. Fica nossa torcida para a recuperação dessa atleta sensacional.

 

 

 

 

Simone Biles: como a pressão pode derrubar uma supercampeã e o que podemos aprender com sua atitude
Simone Biles: o desabafo da campeã olímpica ao desistir de final em Tóquio: ‘Preciso cuidar da saúde mental’

📷 Rebecca Blackwell/Imageplus/ Toshifumi Kitamura/AFP, Mike Blake/Reuters, Loic VENANCE/AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *