Sindicato dos Servidores diz que prefeitura de Camboriú faz atrocidades com seus servidores

Veja na íntegra o que o Sindicato dos Servidores de Camboriú postou na fan page do Facebook.

A presidente do Fundeb de Camboriú convocou uma reunião na noite do dia 04/04 sobre o Fundo. Chamou a categorias de professores, orientadores, supervisores, administradores, diretores! Segundo lei federal do Fundeb e esquecendo e rejeitando lei municipal que conta com monitores, psicólogos, fonodiologos, psicopedagogos. A reunião seria para negociação o reajuste do data base…
O problema é que quem negocia reajustes salariais é o sindicato e não um cargo de confiança!

Mesmo colocando em votação os percentuais, os presentes ( mais ou menos 30 pessoas) rejeitaram a proposta. Sendo que maioria se recusou até mesmo em votar, alegando que não concordam com nenhuma das propostas.

O SISEMCAM não tem sido ouvido pela administração municipal. Desrespeitando assim a todos servidores.

🔹🔸QUEM NEGOCIA O REAJUSTE?

Como é do conhecimento de todos, quem faz as negociações é o SINDICATO e não qualquer outro órgão, muito menos os q são representados por cargos de confiança!

O Fundeb não pode negociar um reajuste, isso se chama negociata política.

O Fundeb deve e foi criado para ser um fiscal da aplicação dos recursos do fundo .

🔸🔹OBJETIVO ESCUSO🔹🔸

Não entendemos o objetivo da reunião. Ao que parece, a Presidente desconhece as leis e também a função das entidades, já que foram criadas para não haver esse tipo de interpelação.

Os servidores de Camboriú já sabem e tem consciência de Classe, que o SISEMCAM deve ser o responsável por qualquer negociação, pois defende os interesses dos servidores de Camboriú e tem como premissa resolver os problemas e necessidades da categoria.

Para quem não sabe, é melhor estudar as leis.

Se o objetivo é tentar deixar o Sisemcam de fora das negociações ou, tentar desmoralizar o sindicato, já adiantamos que não vão conseguir.

📌O QUE É O FUNDEB

Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica é um conjunto de fundos contábeis formado por recursos dos três níveis da administração pública do Brasil para promover o financiamento da educação básica pública.

📌FUNÇÃO

O Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb é um colegiado, cuja função principal, segundo o art. 24 da Lei nº 11.494/2007, é proceder ao acompanhamento e controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundo, no âmbito de cada esfera municipal, estadual ou federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *