Médico agride suplente de vereador dentro do Hospital de Camboriú

A esposa e o filho de Samuel Violante, suplente de Vereador em Camboriú, aguardavam por atendimento no hospital, após sofrerem acidente com o veículo da família.  Samuel foi agredido por um médico, dentro do Hospital de Camboriú.

O fato aconteceu nessa tarde de sábado (28) na Av. João Acácio Simas “Transluzia” no bairro Rio do Meio em Camboriú.

A motorista é esposa do suplente de vereador e Presidente da Associação de Moradores do Conde Vila Verde Samuel Violante, e estava com o filho no carro no momento da batida.

O veículo saiu da pista e bateu no poste, que caiu sobre o veículo, com o impacto o menino fraturou o nariz.

“A situação da avenida é complicada, cheia de buracos, está difícil transitar na localidade.”

AGRESSÃO NO HOSPITAL

O SAMU fez o atendimento no local e encaminhou mãe e filho para o Hospital de Camboriú, onde a família aguardou por mais de 40 minutos no local.

Samuel Violante ao chegar no local perguntou por que da demora, e se eles tinham feito o raio-x do menino.

“O médico disse que tinha feito o raio-x, mas a minha esposa disse que não, ele mentiu… então eu perguntei para esse médico se identificar, por que ele estava sem o crachá,  ele alterou a voz comigo  e me agrediu.

Me pegou pelo pescoço e me arremessou ao chão”,disse  Samuel.

Samuel chamou a PM, para registrar o fato e tomar as ações cabíveis.

O município , através do Assessor do Prefeito, em grupo de whatsapp, escreveu dizendo que a secretária da Saúde está por dentro de tudo e que providências serão tomadas. Mas não especificou quais providências. Também informou que o município já fez contato com a empresa que contratou o médico.

Nota Oficial – Hospital Cirúrgico Camboriú

A direção do Pronto Socorro do Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC) vem a público esclarecer o fato ocorrido no fim da tarde de sábado (28), quando o familiar de dois pacientes que estavam em atendimento, teve um desentendimento com um dos médicos.

Ressaltamos que seus familiares (esposa e filho) foram prontamente atendidos. Eles foram vítimas de um acidente de trânsito e encaminhados pela equipe do SAMU até a unidade. As equipes médica e de enfermagem executaram todos os procedimentos próprios e necessários condizentes com a situação clínica dos pacientes, conforme registro no prontuário dos mesmos.

O profissional foi contratado pela cooperativa vencedora da licitação e a Secretaria Municipal de Saúde solicitou seu afastamento das atividades e vai apurar as condutas praticadas no interior da unidade com meios adequados e reservados pela lei, principalmente, assegurando os princípios constitucionais da ampla defesa e contraditório.

Lamentamos profundamente o ocorrido e condenamos veementemente qualquer tipo de violência, quer seja praticada por funcionário, acompanhante e até mesmo paciente.

Apesar do grande tumulto gerado, a prestação de assistência aos pacientes não foi paralisada e o hospital seguiu com seu atendimento normal.

Direção Geral e Coordenação do Pronto Socorro do Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC).

 

2 Comments on “Médico agride suplente de vereador dentro do Hospital de Camboriú”

  1. Aposto com quem quiser que esse vereador tá mentindo. Porque sempre que preciso de atendimento médico pra atendimento de meus filhos o hospital de Camboriú sempre atendeu dando prioridade pra criança. Ei carro pra ter saído da pista na translusia ou tava bêbado ou tava em alta velocidade. E o Samuel por achar que é alguém importante, superior aos outros que ali estavam consertesa quis passar a frente de todos. Vereador sempre uns folgados c achando melhor que os outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *