Criança sofre tentativa de sequestro em Joinville

Após pegar o filho na creche, mãe seguia para casa quando um carro parou ao seu lado e o passageiro tentou puxar a criança para dentro; polícia investiga caso

Uma tentativa de sequestro de criança foi registrada pela Polícia Militar na última terça-feira (3), próximo ao meio-dia, no bairro Aventureiro, zona Leste de Joinville.

Após pegar o filho na creche, a mãe passou no postinho de saúde e seguiu para casa. Na esquina da rua Mafalda Laurindo, S/N, próximo à creche, um Fiat Doblo preto parou ao lado da mãe, o passageiro abriu a porta e tentou puxar a criança pelo braço. A mãe, então, reagiu e puxou o filho com todas a forças de volta, tanto que, segundo conta, o menino chegou a raspar a perna na calçada.

ANUNCIE NO ‘O JANELÃO’

A mulher lembra que o filho estava andando e segurando em sua roupa e, quando o carro parou, ele deu a mão a ela.

Ainda segundo o relato da mãe, uma mulher ruiva estava dirigindo o carro e ao lado havia um homem moreno. “O carro veio chegando devagar até parar. Achei que queriam alguma informação quando o homem abriu a porta e tentou puxar meu filho para dentro do carro”, conta, ainda muito assustada. Em seguida, a motorista fugiu do local. O carro estava sem placas, segundo observou a mãe.

Depois do ocorrido, a mãe voltou para creche para pedir socorro, mas já estava fechada – era meio-dia. Então, seguiu até sua casa e chamou uma vizinha, que acionou a Polícia Militar.

Uma viatura foi ao local, fez rondas, mas não localizou o veículo suspeito. Os policiais fizeram uma Comunicação de Ocorrência Policial para registar o fato e encaminharam à Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Joinville (DPCAMI) para investigação.

A delegada Georgia Bastos, da DPCAMI, informou que recebeu o encaminhamento deste caso nesta terça-feira (3) e já destacou um policial para fazer a averiguação de imagens de câmaras de segurança do local.

Um susto e um alerta

O menino, que tem apenas três anos, ficou muito assustado e dormiu mal na noite de sexta para sábado. Agora, está melhor, diz a mãe, mas ainda repete que um “palhaço” quer pegá-lo. “Na hora foi um grande susto. Eu fiquei muito nervosa e tenho rezado para que isso nunca mais aconteça”, desabafa a mãe.

No domingo, ela conta que foi ao mercado rapidinho com o marido sem os filhos e ficou com uma sensação estranha. “Passou um filme pela minha cabeça”. Os filhos estavam seguros em casa com sua mãe e sua sogra. No entanto, não evitou a sensação de medo ao relembrar aqueles segundos de terror da tentativa de sequestro do filho.

A mãe continua levando normalmente o filho na creche, mas agora vai acompanhada de uma vizinha, tanto para ir quanto para voltar para casa.

Ela alerta, ainda, que muitos pais pegam os filhos na escola e ficam distraídos no celular. “Isso é um risco”, coloca.

RAQUEL SCHIAVINI SCHWARZ, JOINVILLE
Por ND+

‘JANELÃO’ Atendendo toda SC – Aproveite os preços promocionais e anuncie em O Janelão, o jornal que mais cresce!!
WhatsApp ‘996216941’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *