Criança com pulso quebrado aguarda há dois meses por atendimento

Uma criança de 8 anos aguardou um atendimento médico por quase dois meses com o pulso fraturado em Itajaí. Após o atendimento emergencial, a família não conseguiu marcar retorno para que um médico ortopedista avaliasse o processo de cicatrização do pulso.

Confira!

Via Balanço Geral Itajaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *