Bagrão da Prefeitura de Balneário vai pro xilindró e perde o cargo

Nesta última segunda-feira (2) de setembro, um bagrão da Prefeitura de Balneário Camboriú, foi parar o xilindró. Segundo informações pelo crime da lei Maria da Penha.

Laurindo Pedro Ramos Filho, era Diretor de Projetos da Secretaria de Segurança da Prefeitura de Balneário Camboriú, e foi preso, acusado de ter descumprido uma medida protetiva.

Segundo a Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú o funcionário foi imediatamente exonerado do cargo Ele ganhava mais r$ 6000 reais por mês.

Mais informações sobre o caso, nas próximas horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *